Innovatrix

As torres da saúde já estão fumegando. Vão desabar!

torres

O FBI detectara indícios de que algo grave poderia acontecer em setembro de 2001 nos EUA. Suspeitos tinham sido identificados, e o padrão do ataque também. Um memorando falava de “indivíduos aptos a conduzir ataques terroristas contra alvos da aviação civil” e recomendava q o FBI listasse todas as escolas de pilotagem do país, identificando qualquer um que tentasse obter visto nos EUA para frequentar uma. O memorando ficou preso na burocracia, em alguma gaveta ou HD. Nada aconteceu por 3 semanas. Um suspeito foi interrogado em 16 de agosto, sua prisão foi pedida, mas negada, e não se conseguiu um mandado para vasculhar o conteúdo do seu PC. Um agente chegou a afirmar que “um dos suspeitos poderia tentar pilotar alguma coisa em direção ao World Trade Center”. Um mandado foi conseguido na tarde de 11 de setembro. Tarde demais. Não havia informação naqueles relatórios do FBI: havia só relatórios.

ENQUANTO NÃO HÁ EFEITO NO MUNDO REAL, NÃO HÁ INFORMAÇÃO. Alguém ou alguma coisa tem de receber o sinal e produzir uma transformação com o que recebe! Poucas empresas consideram a “informação” desta forma. Nenhuma organização de saúde o faz. Todas têm TI, sistemas, bases de dados, relatórios, mas ninguém sabe operacionalizar seus registros. As torres da saúde já estão fumegando. Vão desabar!

Leia também