Innovatrix

Vídeos

Entrevista para o Conacx

Assista aqui minha entrevista para o Conacx – Congresso Nacional de Customer Experience, evento Online e Gratuito, que será realizado de 09 a 11 de Dezembro de 2014. Minha participação ocorrerá no dia 10/12, às 10 horas, com a palestra “Por que inovar nas experiências dos clientes é um investimento necessário para atingir resultados espetaculares? […]

O Grupo X de Eike Batista no Sugarscape

O destino das empresas de Eike Batista pode ser explicado (e poderia ter sido previsto) por meio do que já vimos sobre medo, ambição e preguiça, somado a uma descoberta feita pelo psicólogo israelense Daniel Kahnemann que é a seguinte: em situações de risco o medo ganha da ambição e da preguiça e é o […]

Sugarscape – A Simulação

Neste vídeo começo a mostrar como simulações de regras simples com agentes digitais, podem nos ajudar a entender o complexo comportamento humano.

Geografia de Açúcar

Simulações com agentes digitais mostram como as sociedades humanas se comportam. Medo, ambição e preguiça, somados à geografia, determinam o destino de grupos de pessoas. Dá para prever e explicar muita coisa do mundo das empresas a partir dessas lições.

Regras simples, comportamentos complexos

Os problemas empresariais podem ser enquadrados e resolvidos se entendermos seus pilares básicos de construção, e como eles têm que estar alinhados para que a organização seja sustentável.

As ideias que dão certo dependem do momento

Podemos pensar nas ideias inovadoras como tendo vida própria. Elas existem num espaço próprio delas, mas só se materializam quando as condições são certas. Por exemplo: tentaram fazer um computador mecânico (a vapor) no século XIX. Era genial. A “arquitetura” era a mesma dos de hoje. Não decolou. A hora do computador não tinha chegado […]

Inovação nunca acontece em ambientes medíocres

Um fato curioso e verdadeiro – inovação depende do ambiente em cada instante histórico. Se o ambiente for medíocre, não há gênio que dê jeito. Se o ambiente é estimulante, vai aparecer alguém que criará, digamos, uma “Teoria da Relatividade” – pode se chamar Einstein, mas, se não fosse ele, seria outro, pois a ideia […]

Em inovação, a parte técnica é fácil, a comportamental é que é difícil

Nossa atitude em relação ao risco é que define se seremos ou não bons em inovação. Isso vale para empresas e pessoas. Não é uma coisa técnica, é comportamental.

Inovações operacionais – menos charme, mais resultados

Há uma grande confusão sobre o conceito de inovação. Geralmente tratamos o tema de forma preconceituosa e ineficaz, mas é possível e necessário fugir disso.

Como fazer a Inovação acontecer

Inovação pode acontecer de várias maneiras que se diferenciam umas das outras pelo risco. O extremo de maior risco (e maior recompensa) do espectro da inovação é o do empreendedorismo.